Tudo por causa de um olhar

 

Os meus sonhos,
a realidade abstraiu sua abstração.
E deu a concretização,
quando vi teu olhar...
...pela primeira vez...
depois de tempos sem vê-los vendo. 

Fui encantada,
por uma fascinação absoluta,
E inquieta,
os levei na mente da memória.

Tal olhar,

transmitiam carinho
e afeição.
Perdi-me em devaneios;
pois eles brilhavam,
reluziam
e irradiavam
todo o ambiente,
ao redor da alma,
da minha alma. 

Benditos olhos teus!!!
Que espalhavam sensualidade
em forma de ternura. 

Em um momento ansiei
em um beijo,
um abraço.
Na junção das almas,
em eternos carinhos.
Em apenas um momento,
nos olhos do teu olhar.
Se não fosse por eles,
ainda estaria imersa
e hoje seria apenas saudosa. 

Cada momento,
se fazia em angústia
em saber que longe estas.
Ir a você,
tornou-se um prazer ocasional.
Queria ver-lhe,
falar-lhe,
ouvir-te
e navegar em teus sorrisos.
Antes,
o que não era importante,
agora se transformava em vida. 

Teu olhar,
ressurge como luz;
permanecendo em meu coração,
como o Sol da meia noite. 

O corpo abrasado,
em pensar em cada toque
e retoque
de suas mãos fortes;
fazia-me sentir os gostos
de ardentes beijos.
Ao toque de segundos,
usufruo dos sentidos
para sempre te ter presente. 

Nos encantos do teu olhar,
vi o mundo florescer.
Eles encantam o desencanto
e faz os meus sonhos em realidades. 

Nesta sinfonia,
de querer te amar,
não se ouvia pássaros
e nem meados de vento,
ou chuva.

E no beijo dos teus encantos
encontrei os olhos meus.

 

                    Letícia Luccheze.