TÔ  GORDA!  E  AGORA?

 

            Este texto é dedicado, principalmente, a todas as garotas que estão descontentes com o próprio corpo.Garotas que pensam que é melhor se matar do que botar um biquíni neste verão, afinal, vai que passa um surfista muito gato e vc esteja fora de qualquer apresentação.
            Eu, particularmente já tentei fazer centenas de dietas.Mas nunca tive sucesso.Sou uma garota compulsiva.Antes eu não era feliz comigo mesma, vivia triste e não gostava de me expor.Tinha medo, vergonha e nojo de mim mesma, mas aprendi com a vida que nada é como se espera.Podemos fazer milhares de coisas pra melhorarmos espiritualmente, mas não dá pra fugir do que realmente somos.
            Ninguém tem culpa se somos gordos ou magros de mais.Cada um sofre com seus problemas, mas com maturidade e força de vontade os mesmos podem ser resolvidos com muita facilidade.Outra coisa que é muito deprimente é quando vc deixa que as pessoas lhe agridam e falem mal da sua maneira de ser.Essas pessoas são o que chamamos de “poço de futilidades”, afinal, o que adianta ser gostosa se praticamente “peida” pela boca.
            Enfim garotas, pensem o seguinte.Neste mundo não existem perfeições.Quando Deus dá algo importante para o ser humano ele também tira, por isso não se subestimem ao admitir seus erros e suas conquistas, afinal, a vida é feita disso.Não se preocupem se o motivo pelo qual vcs ainda não tem um namorado é por seus defeitos, pois as pessoas tem que gostar umas das outras pelo que elas são e como elas são.
        E então minhas amigas, vão continuar a se mutilar na frente do espelho?

 

            Natália Stiehl RS

           ella.16@bol.com.br