Sonhar não poderei

 

Posso sonhar com os pássaros.
Posso sonhar com um dia de chuva.
Só não posso sonhar é com você. 

Não poderei sonhar e isso me atormenta.
Em noites sem estrelas,
você invade os meus sonhos,
sem bater,
sem tocar a campainha,
você vai entrando.
Deixando um sorriso em meus lábios,
espantando os pesadelos
e trazendo um brilho aos meus olhos.  

Posso sonhar com as águas do mar.
Posso sonhar com um mundo perfeito.
Só não posso sonhar é com o seu amor. 

Há dias ensolarados que sonho.
Sonho com fantasia,
sonho com flores,
tento sonhar com você.
Imagino com o cair da tarde,
envolvida em seus braços,
num beijo eterno.
Um beijo cheio de amor e paz...
Mas são apenas sonhos,
frutos da minha imaginação. 

Posso sonhar com o céu em chamas.
Posso sonhar com o vento em fúria.
Só não posso sonhar é com um dia,
sem Sol e sem lua,
que tocarei no fundo do seu coração. 

Seriam delírios meus?
Ou um amor incandescente?
Mais uma coisa eu sonharei!
São com os teus olhos e o teu sorriso.
Aí sim, eu dormiria feliz;
pois em meus sonhos sonhei,
que você me amava.

 

Letícia Luccheze.

 

 

 

                                                                                            Poema escrito para Renato Lima de Oliveira.