E agora e o meu coração?

 

Queria te amar pra sempre.
Queria acordar e adormecer nos seus braços.
Queria contar-lhe as visões de meus olhos. 

                 És tudo para mim! 

O que é que eu vou fazer?
Se eu não tenho você?
Não é um objeto,
e sim um sentimento.
                                  Um amor,
                                  um coração,
                                  minha vida!  

Chorar?
Não, mais interiormente já choro.
Não me deixe morrer! 

Queria do mar lhe dar uma estrela.
Queria do céu lhe trazer o infinito.
Queria lhe dá o meu amor eterno. 

Não quero perder-te!
Mas como?
Se o mundo exterior
não me deu você! 

Na compreensão deste,
transformo-me em ave andorinha.    

 

Letícia Luccheze.