PALAVRAS   TRANSPIRAM
Livro de contos eróticos, ainda não publicado de Letícia Luccheze.

 

 

 

Confidência no reservado
"...topou! Parou o carro e desci para comprar o coco.
Quando pedi com um buraco maior, o vendedor sacou a sacanagem e ficou com tesão.
Acho que ele queria entrar na brincadeira!..."

 

Encantado
"...Cabelos compridos, castanhos escuros, repicados e deslumbrantes. Ao toque, qualquer um entorpecia em anseios arfantes..."
Este é o meu único conto que é narrado por um homem.

 

Momento
“... Eram negros, negros como à noite e sedosos como uma pétala. Domados pela brisa, os fios pareciam convidar meus dedos pra em sua veste penetrar...”
Este conto foi escrito durante um planejamento em uma escola e ele é dedicado a Geraldo César.
Foi meu primeiro conto escrito nesse gênero. Ele é leve e é exclusivo das mulheres; pois é a massa feminina que ama ele.

 

No seu cu, ou no meu?
“...Ao menos o meu você está querendo comer né?
E se eu não der, você arruma outra. E quando o trem muda de figura e sou eu é que quero comer o seu. E aí, como é que fica?...”

Este conto deixa claro uma contradição na sexualidade masculina, em meio aos seus desejos e o que acha certo e errado;
como também ao tratamento brutal e sem compreensão absoluta em relação ao sexo oposto.

 

O banho
“...Naquele grandioso mundo de um banho, o êxtase condensava os instantes em minutos ardentes...
Ela pensa em sexo, cheira sexo, vê sexo, ela é sexo...”

Este é o meu conto mais lido entre os homens. Bateu recorder em leitura.
Se Momento é o preferido das mulheres, então O banho é o preferido entre os homens.


 

O tempo passa
“...Minha pele frebil me agoniza. Então mergulho meus pensamentos no cair da água no copo de vidro.
Ergo o copo cheio e visiono aquele que me faz fatigar...”

Este conto é segredo de estado, ainda não devo revelar pra quem foi escrito. Mas deixo isso para os observadores,
que perceberão que ele é continuação de um outro conto e assim descobrirão o que antes não era revelado.

 

Pão com ovos e linguiça
“...Saciando-me em loucuras por cada farelo teu, que escorre pelo meu corpo...”

 

Pés do meu desejo
“...Agora concordo com você. Pois se a gente for classificado como loucos, então o hospício não têm paredes.
Pois no mundo tem muita gente assim. Essa conversa toda me deixou muito excitado...”

 

Secretária eletrônica
“...Tem catorze anos que eu amo você. Catorze longos anos da minha vida que eu luto por você.
Estou morrendo de saudade de te beijar, de fazer amor gostoso. Eu amo você Letícia.
Já te falei que se você me der uma chance, eu termino tudo com a minha namorada. Você sabe que eu faço tudo por você...”

 

 

CONTOS SENDO REVISADOS

Vinte minutos

Amantes

Conversa entre mulheres

Linha Cruzada

Revistas

Passageiro de ônibus em órbita

Três em um

Uma hora

Você em mim e eu em você

Vontades ilícitas

Transbordando de ti

 

 

 

 

 

Crítica ao livro PALAVRAS TRANSPIRAM de Letícia Luccheze, ainda a ser publicado.